EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

Escrivaninha

 

Textos de alunos da EMEF Presidente Epitácio Pessoa em  diversos  contextos didáticos,

sob orientação de vários professores.

 

Recordo ainda

Por Maria Isabel de Almeida, EJA 

 

Cresci entre os campos belos 

Da adorada terra onde fui criada.

  

Eu brincava de casinha 

Fazendo a comidinha 

No fogãozinho de tijolos. 

A panelinha era latinha.

  

No quintal, um pomar. 

O pé de pêssego todo florido, 

O pé de laranja, o pé de limão. 

Que coisa linda! 

 

Também tinha muitas criações 

Galinhas, patos, marrecos, porcos. 

Quanta fartura! 

 

Eu era feliz e não sabia. 

Que saudade!

  

Preciso guardar

Por Severino José Silvestre, EJA

 

Eu Severino, sou da Paraíba,

Mas não sou aquele da Serra da Costela.

Sou o Severino que gosta de brincar.

Na infância eu gostava muito de andar de bicicleta.

Levei vários tombos até aprender a andar em duas rodas.

Preciso guardar minhas lembranças do tempo de menino.

Hoje eu gosto mesmo é de ser feliz

E de fazer outras pessoas felizes.       

 

Conheça fotopoemas produzidos pelos alunos da EJA

Conheça o livro Identidade que traz outros poemas de alunos da EJA.

 

 Feridas

Kauane A. Oliveira

 

Existem feridas

que são muito difíceis de apagar.

Às vezes parece que é um erro pequenino,

mas destrói como um furacão.

Às vezes o golpe vem de onde menos se espera.

Às vezes você confia tanto em uma pessoa e acaba se iludindo.

O medo de perder é tão grande,

que você finge que nada aconteceu

e perdoa 

para não sofrer mais.

 

 Ricardo

Camila Luna Muriel  

 

Não pude dizer com palavras

O que queria expressar.

Minha vergonha se fez presente,

Não tive coragem de falar na sua frente.

 

Mas queria dizer...

E parabenizá-lo,

Pois seu trabalho marcou a todos,

Também a mim, não posso discordar.

 

Suas poesias

Me fazem repensar

Todas as minhas atitudes,

Os problemas e minhas  virtudes.

 

A jornada que está seguindo

Muitos já tentaram percorrer

Mas falharam,

Não são como você.

 

Você é um exemplo de vida,

Sempre buscando sua felicidade

Está sempre disposto a avançar

Em seu coração não existe maldade.

 

Você me ensinou a ser alguém melhor.

Seu passado e os dias de agora

Me inspiram a ser quem sou.

Não importam minhas dificuldades,

Sei que posso avançar.

Você me mostrou como é um ser humano de verdade!

 

Poema produzido em homenagem ao poeta 

Ricardo Hidemi Baba que participou da 

7ª Semana Literária da EMEF Presidente Epitácio Pessoa.

 

 Ângela Lago

Camila Luna Muriel  e Luana Albuquerque

 

Suas histórias são marcantes, sim.

Você é um exemplo

Para todos e para mim.

 

Seus livros são um encanto,

Não tem como  não me apaixonar.

Sua dedicação e seu talento

Quero parabenizar.

 

Seu sorriso ilumina como a luz do sol.

Você é a luz que sigo

Como um girassol.

 

Felicidade e simpatia predominam

No seu modo de ser.

Com meus colegas comemoro e agradeço

A alegria de conhecer você.

 

Poema produzido em  agradecimento à escritora Ângela Lago

por sua participação na 7ª Semana Literária da EMEF Presidente

Epitácio Pessoa, por meio de videoconferência.

 

Poemas  produzidos por alunos da EJA, durante a 8ª Semana Literária, inspirados no livro

Classificados Poéticos, de Roseana Murray

 

Procuro a paz

Para que eu possa escutar o silêncio que você não faz

Para que eu possa dormir um pouco mais

Para que eu possa pedir calma à imprudência

Para que eu possa encontrar o amor no lugar da violência

                                                               Manuel Messias S. Araújo

Ofereço meu coração

Para quem dele possa cuidar.

Para alguém que saiba amar,

Sem causar desilusão.

                            Fabiana de Souza

 

Procuro

Um lugar no planeta

Onde a vida seja sempre uma festa,

Onde o homem não destrua

Aquilo que Deus cria.

                       Karoline J. Santiago da Luz

 

Ofereço

Ofereço ao mundo

Um pouco de amor

Para que as pessoas acreditem

Na vida sem guerra nem dor.

                                    Vitória Amaral

 

Procuro a felicidade

 

Procuro um lugar

Onde os únicos sons a soar

Sejam da cachoeira a cantar,

Do cachorro a uivar,

Do meu gato a miar.

 

Procuro um lugar

Com ar fresco para respirar,

Água limpa a fluir

E seu rosto a sorrir.

                   Magnus Máximus

 

Procuro

Um sentimento sincero!

Qualquer 1,99 eu não quero.

Procuro a felicidade

Que talvez possa encontrar

Na beleza do seu olhar.

                Guilherme F. Cardoso

 

Procuro

Um lugar de amor,

Um lugar de paz,

Um lugar de alegria,

Um lugar de harmonia

Para viver em sua companhia.

                         João Marcelo R. Lopes

 

Alugo

Tenho uma casa para alugar.

Na cozinha tem paz,

Na sala tem alegria,

No quarto tem amor.

Quem estiver interessado,

Me procure, por favor.

                    Sheila Cardoso Beltrão

 

Procuro um lugar

Onde a alegria viva a reinar,

Onde a solidão não consiga chegar,

Onde muitos risos eu possa escutar.

                                                Natália Amaral

 

Troco

Alegria, amor e paz.

Quem se interessar,

Basta trazer um belo olhar

E a felicidade encontrará.

        Maria Jaciara N. dos Santos

 

Procuro a alegria

Procuro a alegria que há muito tempo não vejo.

Espero que venha logo e satisfaça meu desejo...

Desejo de amar, desejo de viver!

Quero tirar do peito

Esta angústia que tanto me faz sofrer!

                                                      Wanderson S. C. da Silva

 

Procuro solução

Procuro amor e carinho, pois meu coração está sozinho.

Quero  sonhar, me apaixonar, amar, viver.

Espero encontrar você!

                                            Helena Gabriela

 

 

Ofereço

Ofereço carinho.

Ofereço paz, chega de guerra!

Ofereço paixão sem ilusão.

Aceite minha oferta

Será uma sábia decisão!

                Maria Beatriz F. do Couto

 

Ofereço

Ofereço um lugar

Onde a paz reina,

Onde a felicidade brilha,

Onde o amor faz morada.

                         Thauanna Maria

 

Ofereço

Ofereço corações sinceros e com carinho

Para preencher corações sombrios e sozinhos.

Pessoas que não se satisfazem com o que fazem.

Pessoas que só olham para trás.

Ofereço corações sinceros e com carinho

Para pessoas que precisam sair do chão

Nesse mundo de escuridão.

                                Milena Rosa da Silva de Jesus

 

Compro uma cômoda

Grande como um coração de mãe!

Que esteja em bom estado

Para guardar minhas lembranças.

                                  Jenifer A. Figueiredo

 

Quero entender

Vivemos num tempo em que se compra sentimentos...

E  se houver a compra errada, não há ressarcimento.

Vemos nas ruas tanta gente na solidão,

Que é provável encontrar placas de aluga-se um coração.

Mas a questão é: a oferta é de amor ou de ilusão?

                                                          Kaíque Henrique Lourenço

  

 

voltar ao topo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enviar comentário

left fsN normalcase center tsN fwB show|left fwR tsN hide|left fwR tsN center hide|bnull|||login news c05|fsN normalcase c05 tsN fwB bsd b10|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase bsd b10|normalcase fwR c05|content-inner||